Quenians, crime, and bizarre stories

This is a weird story. A group of quenians suspected of planning to rob a bank is released from prison (Jan 5); a couple week laters they are expelled from Mozambique. Info is not very clear.

Angola Press, 5 Jan

Moçambique: Supostos assaltantes quenianos libertados

Maputo, 05/01 – Um magistrado de Maputo ordenou a libertação de 12 cidadãos quenianos detidos a 16 de Dezembro passado na capital moçambicana por tentativa de assalto a bancos, noticiou terça-feira a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

Após a sua detenção, os quenianos que são igualmente procurados na África do Sul e na Tanzânia por roubo contrataram um eminente advogado de Maputo, Espírito Santos Mojane, para os defender e depois um juiz de Maputo ordenou a sua libertação no dia seguinte.

O ministro moçambicano do Interior, José Pacheco, declarou sexta- feira última à imprensa que as autoridades queriam expulsá-los, mas o chefe da Polícia de Moçambique, Miguel dos Santos, disse que a Tanzânia pretende julgá-los pelos delitos cometidos.

Porém, o juiz decidiu que a sua expulsão para a Tanzânia seria ilegal devido à inexistência dum acordo de extraditação entre Moçambique e aquele país, bem como por causa da ausência dum mandato de captura internacional contra os 12 suspeitos.

A AIM sublinhou que a Polícia não tinha levado em conta a decisão do juiz, alegando que ela esperava receber da Tanzânia documentos mais completos sobre os 12 quenianos.

Na altura da sua detenção, a Polícia afirmou que eles foram encontrados na posse de 33 mil dólares americanos e de 21 mil shillings quenianos (cerca de 290 dólares americanos) que eles pretendiam utilizar para a compra de armas de fogo.

Seis deles chegaram a Moçambique a 2 de Dezembro e seis outros a 8 de Dezembro, precisou a Polícia de Maputo.

Angola Press, 16 Jan

Maputo, 16/01 – O Governo de Moçambique expulsou domingo 12 quenianos detidos em Maputo, acusados de planearem assaltos a diversas instituições bancárias do país, deu a conhecer a hoje a Lusa.

Segundo a fonte, os detidos já foram indiciados em assaltos a bancos na África do Sul e Tanzânia.

Sem especificar o destino dos quenianos, a polícia de Moçambique fez saber que ao serem detidos tinham em seu poder 33 mil dólares e 21 mil shillings (moeda queniana), alegadamente destinados à compra de armas para assalto a Bancos.

A polícia moçambicana apreendeu ainda uma viatura, que se supõe ter sido adquirida pelo grupo em Maputo, e sete malas contendo roupa da alegada quadrilha, integrada por membros com idades entre 26 e 41 anos.

O comandante-geral da Polícia da República de Moçambique, Miguel dos Santos, informou, recentemente, que as autoridades da África do Sul e da Tanzânia confirmaram que o grupo tem sido procurado “por prática de uma série de assaltos” a instituições bancárias desses países.

Segundo Miguel dos Santos, a polícia da Tanzânia solicitou a entrega do grupo às autoridades deste país, para ser julgado por actos criminosos praticados no território.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s